person_outline



search

O fim, enfim

Como o homem que sobreviveu ao apocalipse se sentiu quando olhou para o céu? O horizonte cinzento não expressa emoção, mas o silêncio da primeira manhã lembra os gritos do último dia. Eles cessaram, ele nunca mais ouvirá vozes, mas sua mente será eternamente uma praça onde pregadores o evangelizarão sobre o pecado, um local sagrado que em seu infinito escuro esconde todo o significado. Significar o que? Uma estrada sem chegada? O caminho está vazio, o asfalto derreteu, as sete trombetas dos céus já foram tocadas, mas sua alma deformada foi deixada junto aos escombros. 
Você é um homem sem rei, um rei sem reino, um tirano sem escravos, um exilado sem pátria, um prisioneiro que não enxerga as próprias correntes, uma corrente que enforcou todo o passado. Aonde está indo? Sente-se, toque suas feridas, talvez você poderá descobrir que seu coração ainda bate, você vai se lembrar que ainda existe esperança e que um dia ele se cansara e também vai lhe abandonar. Seu show ainda não acabou, mas que mãos poderiam lhe aplaudir? A quem ele poderia se agarrar no camarim ao sentir que não tem mais nada? Ele pode buscar refúgio no próprio abraço? Suas mãos têm espinhos e seu corpo carrega cortes, sua garganta dói e seus olhos ardem, a única cura que lhe resta vem da espada do tempo, mas a cada movimento do relógio, sua mente é levada. Levada até onde? A sanidade ou aos braços de seus próprios demônios? Ele viu a cabeça de São Jorge sob as garras do dragão, mas a espada caiu em seus pés, mas por que? Pra que? As chamas lhe deram calor, chute a espada, acredite que ser devorado é sentir um ato de paixão nunca ao menos imaginado. Você consegue imaginar o que é o amor? Ele não existe dentro dessas paredes cinzas, ele não pode entrar, você só o transformará em mais chagas. Eu só preciso te lembrar mais uma coisa agora: esse sanatório é sua casa. Ou melhor, ele é o seu mausoléu, você não tem uma casa, você não pertence a lugar nenhum, lembra?
Pin It
Atualizado em: Qui 11 Mar 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222