person_outline



search

Somos apenas humanos, e fragéis

E o mundo que sempre sonhei conhecer não é mais o mesmo. Uma nova era chegou. Já me peguei várias vezes divagando e desejando ter mais saúde, dinheiro e tempo, nessa ordem, para rodar por todos os países. Sabem o que é todos? É todos, sem exceção, até aqueles assolados pela pobreza e sem grandes belezas naturais. Um desejo um tanto quanto utópico por vários motivos, eu sei. E sabem por que eu queria conhecer todos? Porque eu gosto de gente, gosto de histórias de vidas (o que às vezes pode parecer um pouco invasivo), gosto de viver um pouco a cultura, a história dessas pessoas tão diferentes entre si e tão iguais, mais iguais do que nunca nesse momento em que nos encontramos.

É, vivemos uma nova era, a era de percebermos que não interessa a cor, o gênero, a origem, a condição econômica, a religião, a orientação sexual ou o que quer que seja de quem quer que seja. Na era da covid-19 nada disso interessa, ou pelo menos não é para interessar. Aliás, talvez se vivêssemos de forma humanizada os danos seriam bem menores (falar sobre isso já daria um outro texto). Somos apenas humanos, e frágeis. Alguns sempre foram assim, outros estão acordando e se sentindo, se percebendo pela primeira vez, assim, apenas humanos. Mas há tantos outros, e é esses tantos que me assusta...

E é triste ver, ouvir, sentir esses tantos outros que ainda não acordaram para o que está acontecendo, pois eles só tornam tudo mais difícil. Não pensem que esses outros são só pessoas leigas no assunto. Não são. São profissionais de saúde como eu, são pessoas do nosso convívio, são pessoas da nossa família, pessoas do nosso trabalho. É alguém aí, bem ao seu lado. Pode ser você que está lendo. Pode ser eu. É de chorar ver o egoísmo prevalecendo sobre o bem comum. A humanidade subestima e ignora o fato de não sermos invencíveis. Poucos conseguiriam imaginar um vírus causando tamanho estrago em tão pouco tempo e em todos os setores em um mundo globalizado onde teoricamente se têm mais recursos para lidar com situações adversas.

O homem é capaz até de conspirar e imaginar que foi outro homem que “criou” esse vírus. É uma conspiração sem lógica? Até que não se considerarmos tudo que já falei, se considerarmos que nos achamos tão superior a tudo que seria sim possível alguém ter cometido tamanha insanidade. Mas não, não parece ter sido um vírus manipulado, e não é essa a questão agora, o problema é darmos as mãos, em sentido figurativo, para conter a propagação do vírus e passarmos por esse momento tão complicado. Não temos muito tempo e já está passando da hora de sairmos do pedestal em que nos colocamos. Somos apenas humanos, e frágeis.

Fiquem em casa por você e por todos nós! 

Pin It
Atualizado em: Ter 24 Mar 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222