person_outline



search

Poesia para Sophie Scholl

Nascida alemã,
Muito estudou,
Nobre seu nome,
A Pátria exalta,
Foi leitora,
Gostava de vinho,
Fazia dois cursos,
Pensou!

A liberdade sumiu,
O Movimento criou,
Seu irmão ajudou,
Na panfletagem,
Num descuido,
O zelador pegou,
Na Universidade,
E acusou!

Presos foram,
Julgados,
Condenados!
Teatro feito,
Pelo juiz,
A sentença,
Determinou:
Morte é a pena,
Os pais visitaram,
Um cigarro fumaram,
Cabeças rolaram!

Sophie Scholl,
Seu nome é,
Tinha fé,
Lia muito!
Na guilhotina,
Decapitada foi,
Deixou um legado,
O Movimento sumiu,
Agora ressurgiu!

Liberdade defendia,
Igualdade queria,
Educar era meta,
Formar cidadãos,
Cidadãs também,
Panfletava sem dó,
Contra o regime,
Lembrada é,
Mártir de fé!

No 9 de Maio,
Lembro o nascimento,
Da jovem estudante,
Mulher audaz,
Inspira os estudos,
Deste que escreve,
Na História é,
Minha personagem!

O Rosa Branca,
Agora voltou,
Atemporal,
Imortal,
Bandeira em pé,
Atuar pelo bem,
Conhecimento fazer,
Vidas mudar!

Sophie eterna,
A lutadora,
Da liberdade,
Povo agita,
Pela igualdade!
Seja aqui,
Seja lá,
Bela estrela,
No céu brilha!
O Sol sempre brilhará!

O quadro no quarto,
Lembra a moça,
Rosa ao lado,
Branca como neve,
Vê-la ler,
Pela eternidade,
Aproveite a vida,
Mocidade!

Estudo,
Inspiro-me nela,
Concluo trabalhos,
Nota máxima,
O meu sofrimento,
Perto do seu,
É nada!

Estude,
Ela pede,
Por nós,
Intercede,
Conhecimento!
Filosofia,
Biologia,
Sua habilidade!

Partiu desta,
Aos 21 anos,
Deixou lições,
Aproveitem!
A maioria some,
No horizonte,
E nada deixa!

Onde estiver,
Saiba querida,
Não foi em vão,
A sua vida!
A Rosa voltou,
Não acabou,
És imortal,
Vivifica!
Pin It
Atualizado em: Qua 11 Maio 2022

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222