person_outline



search

VIVOS

Mesmo na distância que nos impõe a geografia

das medidas, cada palavra por você transmitida

vai muito mais além do que ser lida —  é sentida,


feito se suas mãos de seda tocassem a minha ferida.

Afinal de que servem as horas se elas se distanciam

do circuito cibernético que, entre mim e você, se cria,


onde o verso é o músculo e os orgasmos, a poesia?

Ouço a louça que acorda a aurora e abre a frincha.

Sugo o roxo das cinco. E tudo em volta se ameniza.

Pin It
Atualizado em: Seg 7 Jun 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222