person_outline



search

OUTONOS

Voltei a escrever com o lápis

numa agenda quase feminina,

pois não tenho mais cadernos

que as poeiras levaram um dia.


O domingo de manhã é Fellini,

mesmo que haja azuis esparsos

entre as formações tons de cinza

que os ventos do outono espalham.


Tudo passa pelas ardósias no alto

do morro e nas suas coreografias

de copas afoitas, verdes variados

e de amarelos das folhas sem vida.


Sinto os aromas vindos lá de cima:

a samambaia, a lavanda e a poesia.

Pin It
Atualizado em: Seg 5 Abr 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222