person_outline



search

Estações

Verão.
  Em uma tarde quente meu sorvete derrete e minha pele queima por causa do sol.Parece algo tão familiar,o calor e quentura.Ah,eu me lembro.A mesma pele bronzeada dele passava aquele calor agradável.Aqueles olhos azuis se camuflavam no azul do mar e seus cabelos loiros se camuflavam na areia ardente da praia.Naquele verão eu aprendi a surfar,a nadar.Ainda me lembro daqueles beijos calorosos.As chuvas constantes me lembram daqueles abraços no fim do dia que me aqueciam. Aquele amor de verão me deu uma certeza,se brincar demais com o calor você se queima.Bem,nada é para sempre,mas eu apenas esperava que um dos beijos fossem verdadeiros.
Primavera.
 
  A primavera é tão linda.Parece que veio direto de Hollywood,aqueles filmes perfeitos de romance.Parece que é uma época esperançosa.Algo que vai chegar e que vai te mostrar que vai dar tudo certo.E deu,deu tudo certo.Uma semana depois da primavera chegar,as flores tomaram conta das árvores e das ruas.A brisa agradável envolvia todo o meu corpo.Todos os dias ele me trazia uma flor diferente.Aquele garoto de pele morena,olhos cor de mel e cabelos castanhos era pura primavera.Ele me mostrava que tudo ia ficar bem,apesar de ter pouca esperança dentro de mim.Lembro de um sábado a noite onde dançamos puro anos 90,como em Hollywood.Parecia tão perfeito quando viámos o sol se pôr.Mas um dia suas flores acabaram,um dia eu vi o pôr do sol sozinha,um dia percebi que Hollywood não era tão mágica como eu imaginava,um dia percebi que nem todos os filmes de romance tem um feliz para sempre.
Inverno.
  Diferente da primavera,o inverno não era nada mágico.O inverno trazia para mim a dor de um coração partido.A neve e o frio não eram nada românticos.Mas eu estava errada.Dia 23 de junho,primeira semana do inverno,eu conheci a personificação do inverno.Seus cabelos eram pretos e os olhos incrivelmente cinzas.Ele era como um badboy,usava jaqueta de couro preta e fumava seu cigarro.Eu contei,dois por dia.Era assim que as pessoas viam ele,mas ele não era assim.Quando estávamos sozinhos ele usava um moletom velho,colocava os óculos e lia um livro para mim.Amava ouvir sua voz e ao mesmo tempo sentir a mistura do cigarro com perfume masculino me invadindo.Mas como todo inverno,a neve derreteu e o sol tomou conta por fim.
Outono.
  Por fim,o outono.As folhas das árvores caem,o tempo fresco toma conta das ruas.Acho que quero ficar por aqui,parar o tempo e ficar no outono para sempre.Não por causa da estação,mas por causa dele.O outono trouxe um ruivo,um ruivo com sardas e olhos castanhos escuros.Acho que vou ficar por aqui.Nas manhãs que tomamos café quentinho,nas tardes que andamos de bicicleta,nos passeios de mãos dadas,as noites de pizza e as madrugadas vendo filmes.Seu cabelo estava em harmonia com as folhas alaranjadas das árvores.Acho que faz bem um café no outono.Acho que o outono em si já faz bem.
Pin It
Atualizado em: Qua 29 Abr 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222